Estrutura

Instalações Físicas

As atividades do Curso de Pós-Graduação em Química se desenvolvem, principalmente, nas dependências do Departamento de Química Orgânica e Inorgânica e Departamento de Química Analítica e Físico-Química  do Centro de Ciências da UFC, no Campus Universitário do Pici, cujas instalações totalizam uma área de 1840m2 de área coberta, constando de três prédios: administrativo (460m2), didático (460m2), e um prédio contendo laboratórios didáticos e de pesquisa e salas de professores (920m2). Algumas atividades são desenvolvidas no Departamento de Engenharia Química e no Departamento de Física da UFC.

Especificamente, os grupos que são responsáveis pelas Linhas de Pesquisa do curso dispõem de espaços laboratoriais independentes (6 Laboratórios, Área Total = 460m2). A idéia de compartilhamento de grandes laboratórios de uso coletivo foi totalmente abandonada, posto terem sido observadas melhores condições de manutenção e continuidade das pesquisas em espaços específicos de atuação dos pesquisadores e estudantes.

Infra-estrutura – Central Analítica

O programa de Pós-graduação em Química Inorgânica dispõe ainda de vários equipamentos de uso comum a todos os grupos envolvidos os quais fazem parte de uma centra analítica composta dos seguintes equipamentos:

» Sistema termoanálise DSC-50, DTA-50 e TGA-50 Shimadzu e um outro da Perkin Elmer

» Espectrofotômetros UV-Visível Hitachi U2000 e Hewllet Packard 8453,

» Sistema cromatográfico HPLC Shimadzu com detector diode array, modelo SPD-M10A, com módulo comunicador, modelo CBM 10A, coluna fase reversa C18, e detector de massa Shimadzu, MS2010

» Sistema eletroquímico da Bionalytical Systems BAS-100W,

» Sistema cromatográfico Shimadzu (GPC)

» Espectrofotômetro de fluorescência Hitachi F-4500,

» Espectrômetros Vibracionais no Infravermelho Shimadzu e Bomen.

» ICP-OES, Optima 4300, Perkin Elmer.

Outras técnicas são utilizadas, através da colaboração com pesquisadores da área de química orgânica do Departamento de Química Orgânica e Inorgânica, Departamento de Física e do Centro Regional de Ressonância Magnética Nuclear (CENAUREMN), quais sejam:

» Espectrometria de ressonância magnética nuclear (Bruker 300MHz e 500MHz),

» Microscopia eletrônica de varredura (Phillips XL 30),

» Espectroscopia Mossbauer,

» Espectrometria de massa (HP).

Os pesquisadores dispõem ainda de toda a infra-estrutura existente no parque de desenvolvimento tecnológico (PADETEC) que possui equipamentos similares, os quais são utilizados quando da existência de defeitos ou quebra dos equipamentos do departamento.

Os estudantes dispõem de duas salas específicas para estudos e as atividades didáticas são desenvolvidas em três salas de aulas, de uso exclusivo do curso de pós-graduação. Paralelamente, existem mais dez de salas de aula, pertencentes ao Departamento de Química Orgânica e Inorgânica, as quais são utilizadas, indistintamente, nas atividades de ensino de graduação e pós-graduação.

O curso conta com uma sala de informática, de uso exclusivo dos estudantes, contendo:

» Quatro computadores PC ligados em rede,

» Um terminal ligado ao núcleo de processamento de dados da UFC que dispõe de computador de médio porte Unisys.

Há uma outra sala de informática, de uso exclusivo dos Professores, contendo:

» 03 computadores pentium MMX-233, ligados em rede,

» Um scanner,

» Duas impressoras Laser 6L e jato de tinta 692 da HP.

Adicionalmente, grande parte dos professores do Curso dispõe, em seus gabinetes de trabalho, de computadores ligados em rede.

 

Infra-estrutura – Fontes de Financiamento

A manutenção de infra-estrutura física e de pessoal participante do Programa de Pós-Graduação em Química Inorgânica se dá pela dotação orçamentária da UFC, referente ao orçamento anual do Ministério da Educação e do Desporto.

O financiamento das pesquisas realizadas no curso tem sido efetuado através do PROAP-CAPES, de projetos individuais e integrados, fomentados pelo CNPq e pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Ceará (FUNCAP) e, também, por projetos especiais, tal como o PADCT III, edital 97/1, 4a rodada.